Agora é oficial: ONG Segundo Sol é inscrita no CNPJ

ONG já atua há mais de dois anos no município



A Organização Não Governamental (ONG) Segundo Sol, com sede em Maragogi, ganhou existência oficial na quarta-feira (12). A ONG, que não tem fins lucrativos, já atua no município há algum tempo, promovendo ações assistenciais e culturais. Na semana passada, foi inscrita no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) sob o número 38.042.574/0001-03, órgão da Receita Federal. 

O objetivo da ONG, além da prática do assistencialismo, é acessar os moradores do município à sociedade, através de incentivos culturais e esportivos, valorizando suas habilidades, resgatando a autoestima, agregando valores humanistas e culturais, e, especialmente, dar oportunidade para inclusão social e implementar uma política pública que possa atender às necessidades apresentadas pelos jovens e pelas famílias, com foco na valorização humana.

Neste período de pandemia, a Organização fez doações de centenas de cestas básicas nas comunidades de maior vulnerabilidade social, como o Deda Paes, Alto dos Sonhos, Alto da Boa Vista, Alto do Cuscuz e Maruim. Implantou o Projeto de leitura “Meu Livrinho” na comunidade Deda Paes e formou uma banda de flautistas (interrompida por conta da pandemia), com crianças e adolescentes do Deda Paes e do Alto dos Sonhos, além de ações festivas, como o Dia das Crianças, e outras datas comemorativas.

Quem pode doar

Pessoas físicas e jurídicas. “As doações devem ser efetuadas através de depósito na conta bancária da ONG”, instrui o contador Adriano Santos Barros. “A ONG tem a obrigação de emitir um recibo, anexando o comprovante do depósito, que deve ser declarado pelo doador.”

Pelo Imposto de Renda, pessoas físicas podem doar até 6% do tributo, caso o façam ao longo do ano. Se o donativo ocorrer no período da declaração, o percentual máximo é de até 3%. Em todas as situações, os valores são utilizados como abatimento. O que significa dizer que em vez de destinar esse valor ao governo a quantia será transferida para entidades beneficentes.

Mais Notícias

Coment?rios

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais