Pule Carnaval de um jeito sustentável

Não é porque estamos em clima de folia que vamos deixar a responsabilidade de lado



Você já parou para pensar na quantidade de lixo que nós geramos apenas nos dias de Carnaval? São milhares de copos descartáveis, canudinhos, fantasias que nunca mais serão usadas e muito glitter. A estimativa é de que, no ano passado, o Carnaval carioca tenha gerado 700 toneladas de lixo, e em Salvador, um aumento de cerca de 1,5 toneladas a mais durante os dias de festa. Agora imaginem esse quantitativo em todo o Brasil. Já parou para pensar?

O carnaval é sem dúvida a festa mais conhecida e animada do nosso país. São milhares de foliões que saem às ruas para curtir. Mas não é porque estamos em clima de folia que vamos deixar a responsabilidade de lado. Durante os dias de festa, pule um Carnaval sustentável e consciente, seguindo algumas dicas importantes:

Aposte em uma maquiagem sustentável: O glitter é presença confirmada nas makes carnavalescas. O problema é que a maioria das marcas utilizam microplásticos para fabricar o pozinho brilhante. São pedaços tão pequenos do material que não dá para removê-los, e eles acabam contaminando os rios, lagos e oceanos. Não perca a chance de eco arrasar, utilize glitter biodegradável.

Utilize seu próprio copo e canudo: Se você vai aproveitar os eventos realizados em lugares abertos, como praças e ruas, leve seu próprio copo e canudo reutilizáveis. Assim, você evita usar os descartáveis, que geram muito mais lixo.

Reutilize roupas e fantasias antigas: Se você é do tipo que tem um monte de roupas guardadas que não sabe mais nem para que servem, a dica é reinventá-las e criar sua própria fantasia, misturando peças e acessórios ou resgatando aquelas fantasias de outros carnavais.

Confeccione seus confetes e serpentinas: Afinal, eles são de papel, e dão mais volume para o monte de lixo produzido. Vários tutoriais ensinam como fazer em casa utilizando jornais velhos, bloquinhos usados e até folhas secas do quintal.

Respeite o espaço público: Fazer xixi no asfalto, destruir placas de sinalização, subir em cima de árvores e depredar monumentos não tem nada a ver com diversão, mas sim com falta de cidadania e educação. Aproveite o feriado sem destruir os lugares por onde passar.

Economize água: Cidades turísticas podem enfrentar falta de água em épocas como o Carnaval, e por isso vale a pena lembrar de fazer a sua parte evitando desperdícios. O consumidor consciente pode evitar tais problemas redobrando os cuidados com a água.

Seja qual for o lugar, deve-se “foliar” com consciência, respeitando as pessoas, os costumes e hábitos do lugar. Cuidando da sua cidade e do meio ambiente!

Roberta Carvalho
Bióloga
Gestora Ambiental

Mais Notícias

Coment?rios

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais