Carnaval 2020 de Maragogi terá seu primeiro bloco da diversidade

Camaleão na Folia estreia no domingo, dia 23



O Brasil é um país racista e homofóbico – isso é público e notório. E o preconceito se agrava quando o momento político não favorece às minorias. Muito pelo contrário, é até um incentivo para os ataques verbais e físicos, apesar de ter se tornado crime. Basta acompanhar as manchetes e conferir os dados pela grande mídia.

Por essa razão, qualquer tentativa de dar visibilidade às classes sociais que mais sofrem, simplesmente por suas existências, seja de que forma for, é e será sempre bem-vinda.

Foi com essa intenção que alguns jovens ousados, abusados e corajosos LGBTQ+ da cidade que recebe um grande número de turistas gays, criaram o Bloco Camaleão, que estreia no Carnaval de Maragogi deste ano, levando uma mensagem positiva de inclusão e respeito.

“Aproveitando que o carnaval é uma festa que celebra cores, a diversidade e a liberdade, decidimos criar o primeiro bloco em Maragogi à visibilidade da diversidade”, anuncia o Instagram do bloco @camaleaonafolia. “Não, não somos apenas um bloco levantando a bandeira LGBTQ+. O nosso intuito é reunir todos os tipos de pessoas para curtirem a folia em nossa orla marítima da melhor forma possível, estando longe de toda forma de preconceito e discriminação, seja ela machista, racista, religiosa, transfóbica ou homofóbica.”

O bloco sairá no domingo de Carnaval (23), às 21h30, na orla marítima de Maragogi. A atração será a cantora Lili Moreno. Os abadás estão sendo vendidos ao preço de 20 reais. Outra informações pelo Instagram @camaleaonafolia.  

Mais Notícias

Coment?rios

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais