Prefeitura de Maragogi implanta projeto de coleta seletiva

Cada secretaria deve apresentar o seu plano de participação no projeto


 

A implantação da coleta seletiva em Maragogi, que engloba os princípios econômicos, ambientais e sociais, foi pauta nesta quarta-feira (11), no auditório da Cooperativa dos Pequenos Agricultores Organizados (Coopeagro).

O projeto foi apresentado pela gerente de resíduos sólidos Elaine Gomes Melo, da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH-AL), para o prefeito Sérgio Lira e membros do Comitê, formado por representantes de algumas secretarias municipais.

Mediante a formalização da estruturação do comitê, foram apresentados: os benefícios do projeto de implantação da coleta seletiva; oficinas de capacitações e educação ambiental; acompanhamento das ações voltadas a gestão integrada dos mesmos, dentro de uma visão técnica viável e com a conscientização da população.

Segundo o prefeito Sérgio Lira, a implementação de diversas políticas tem transformado a realidade do município. “Este trabalho segue sendo ampliado de modo a cumprirmos todas as metas estabelecidas na Política Nacional de Resíduos Sólidos”, disse.

Cada secretaria vai apresentar o seu plano de participação no projeto de implantação da coleta seletiva. “É o método de otimização dos processos de destinação adequada do lixo, e sua importância é justamente a redução dos impactos ambientais”, finalizou o prefeito.

Na ocasião, o prefeito Sérgio Lira assinou a portaria que institui o Comitê Gestor para a implantação da coleta seletiva municipal, em conformidade com a Lei Federal nº 12.305/2010, de 02 de agosto de 2010.

Ficam nomeados para compor o Comitê Gestor Municipal - CGM, os seguintes membros:
• Presidente - Márcia Fidélis secretária municipal do Trabalho, Emprego e Geração de Renda.
• Coordenador - Gabriel Vasconcelos
secretário municipal de Meio Ambiente.

Assessoria

Mais notícias

Comentários

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais