Coronavírus: prefeitura de Porto Calvo promove mudanças na feira livre

Alterações visam o bem estar da população


 
O prefeito de Porto Calvo, David Klevisson da Fonseca Silva Pedrosa, decidiu nesta quarta-feira (26) adotar algumas mudanças na tradicional feira livre da cidade. As medidas são preventivas e visam conter a proliferação do novo coronavírus (Covid-19).
 
A feira livre de Porto Calvo é uma das mais tradicionais de Alagoas e conta com comerciantes e consumidores de várias cidades, incluindo de municípios de Pernambuco. Mas nesse período de quarentena por conta da pandemia do Covid-19, a gestão decidiu fazer algumas alterações que visam o bem estar da população.
 
As medidas adotadas por David Pedrosa também seguem as orientações da Associação dos Municípios de Alagoas (AMA). A principal mudança é que a feira livre nesse período será apenas no dia de sábado até no máximo 14 horas. Na sexta-feira não terá a tradicional feira na cidade enquanto durar a quarentena.
 
A gestão decidiu também outras mudanças: só será permitida a comercialização de alimentos; apenas feirantes de Porto Calvo serão permitidos; e o espaço da feira será o mesmo, as bancas manterão no mínimo dois metros de distância.
 
A prefeitura orienta a não irem a feira livre: idosos, crianças, gestantes e pessoas com doenças crônicas. A orientação é ir à feira apenas uma pessoa da família e evitar ao máximo aglomeração de pessoas. As principais medidas também foram anunciadas nas redes sociais da Prefeitura de Porto Calvo.
 
Confira as orientações por completo:
• 2 metros de distância mínima entre barracas;
• Somente com vendas de alimentos de primeira necessidade, como cereais, carnes, aves, peixes, frutas, verduras e outros alimentos;
• Evitar feirantes oriundos de outros municípios
• Controle da feira com equipe da vigilância sanitária
• Controle de acesso aos mercados
• Atenção às medidas de higiene. Lavar as mãos com água e sabão e fazer uso de álcool em gel sempre que possível.

Maurício Silva, Assessoria

Mais Notícias

Coment?rios

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais