Anitta diz que foi bloqueada por Arthur Lira (PP-AL)

“O Arthur Lira é aquele do Centrão. Ele é um dos líderes lá do Centrão. Despois vê a polêmica que está rolando Centrão / Bolsonaro, etc. Ele me bloqueou e eu não consigo marcar ele, mas vai lá vocês”, instiga a cantora.



A cantora Anitta criticou o deputado federal alagoano Arthur Lira (PP), em um vídeo divulgado nas suas redes sociais, onde ela cobrou posicionamentos de diversos parlamentares sobre o Projeto de Lei 2633, que trata da regularização de distribuição de terras da Amazônia.

No vídeo, a cantora conta que o deputado alagoano a bloqueou após ela marcar dezenas de parlamentares em um post cobrando posicionamento dos mesmos quanto ao PL.

“Coloquei no meu feed o arroba de todos os deputados que a gente tem que ir lá cobrar. Alguns deles que não estão marcados, principalmente o Arthur Lira [...] eu não consegui porque ele me bloqueou. Isso significa que está fazendo efeito sim o nosso mutirão de cobrança aos deputados”, diz a cantora no vídeo.

A cantora também explica para os seus seguidores quem é o deputado. “O Arthur Lira é aquele do Centrão. Ele é um dos líderes lá do Centrão. Despois vê a polêmica que está rolando Centrão / Bolsonaro, etc. Ele me bloqueou e eu não consigo marcar ele, mas vai lá vocês”, instiga a cantora.

No vídeo, Anitta diz que os fãs devem seguir os deputados marcados por ela, escrever um comentário cobrando posicionamento sobre o PL2633 e em seguida dar “unfollow”, ou seja, deixar de seguir os parlamentares.

Anitta tem mostrado interesse por política nas suas redes sociais durante a pandemia. A cantora também já tem alguns vídeos em que discute política com a advogada Gabriela Priori, comentarista da CNN-Brasil, de quem é amiga.

Ao se referir a polêmica envolvendo Arthur Lira e Jair Bolsonaro, a cantora se refere ao fato do deputado alagoano ser o líder do Centrão, um bloco informal na Câmara dos Deputados que reúne parlamentares de legendas de centro e centro-direita, mais conhecido pela característica de se aliar a governos diferentes, independentemente da ideologia, e que tem caído nas graças do presidente, em negociações envolvendo distribuição de cargos aos partidos.

Tal negociações permitem que os partidos indiquem aliados para cargos. A prática era muito criticada por Bolsonaro antes de ser eleito presidente.

Cada Minuto

Mais Notícias

Coment?rios

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais