Projeto RADIS-UFV realiza coleta de dados nos assentamentos alagoanos do INCRA

Assentamentos de Maragogi estão incluídos

Publicidade

(Foto: cortesia);

Os técnicos capacitados pelo Projeto RADIS (Regularização Ambiental e Diagnóstico dos Sistemas Agrários) realizam coleta de informações nos lotes pertencentes as iniciativas de assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) no estado de Alagoas. Os dados coletados serão estudados e ajudarão no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e na participação de programas de crédito para as famílias.

Ao visitar uma propriedade, os profissionais realizam algumas perguntas sobre as pessoas que moram na casa, como idade, dados pessoais e profissão. Além disso, são feitos questionamentos sobre o terreno, tipo de produção rural que a família faz, presença de pontos d'água e vegetação no local. Os técnicos ainda podem vistoriar o espaço e fazer registros fotográficos.

No mês de outubro, cerca de 25 pessoas participaram da atividade que capacitou técnicos que, atualmente, atuam em campo nos estados de Alagoas e Pernambuco. O encontro foi realizado na sede da Cooperativa dos Pequenos Agricultores Organizados (Coopeagro), que fica na Rodovia AL 101, em Maragogi, Alagoas.

Até 2020, profissionais de campo do Pará, Goiás, Minas Gerais e São Paulo serão capacitados para poder realizar o levantamento. O RADIS deverá regularizar 85 assentamentos rurais, em oito estados brasileiros, totalizando em 9.400 famílias.

Quem tiver dúvida, reclamação, sugestão ou até mesmo elogio sobre algo relacionado ao projeto pode entrar em contato pelo WhatsApp, no número (61) 99402-2553, ou pelo e-mail comunicação.radis.ufv@gmail.com, além das redes sociais, no Facebook RADISUFV e Instagram @radis_ufv, e pelo espaço ‘contato’ do site www.radisufv.com.br. Durante as visitas em campo, o cidadão também tem a possibilidade de preencher o formulário que fica com os técnicos.

Contato:
Programa de Comunicação Social – RADIS/UFV
comunicacao.radis.ufv@gmail.com
(61) 3365 4495
www.radisufv.com.br

Mais notícias

Comentários

Carregando

Assine nossa newsletter e
receba as principais notícias por e-mail

Siga o Maragogi News nas redes sociais